Filhos de Glande 2009

Filhos de Glande desfila bom humor na Cidade Velha




YES, NÓS PHODEMOS.
Criado para resgatar a tradição dos antigos carnavais de rua, o bloco Filhos de Glande, criado em 2007, tem como marcas registradas a irreverência, a alegria e o bom humor.
Idealizado por um grupo de publicitários de Belém, o bloco sai pelas ruas da Cidade Velha animado por uma tradicional banda de marchinhas de carnaval, tem samba próprio e as fantasias – bem como todos os demais elementos – são uma paródia do tradicional bloco baiano “Afoxé Filhos de Gandhi”.

Contrariando a filosofia do original bloco baiano onde só homens podem participar, a versão paraense permite a entrada de brincantes de todos os sexos. “Para entrar no nosso bloco basta alegria e disposição, mais nada. Pessoas de todas as classes sociais, raças e opções sexuais estão convidadas. Todos nós somos Filhos de Glande”, afirma um dos diretores.

Com 400 brincantes no primeiro ano e mais de 800 no segundo, o Filhos de Glande ganhou destaque na imprensa regional e até em publicações nacionais. A Revista Caros Amigos e o jornal Folha de São Paulo já noticiaram o bloco. O colunista Zé Simão é grande entusiasta da paródia desde o primeiro ano.

Este ano o Filhos de Glande vai pra rua falando de crise mundial (enquanto a bolsa cai, a Glande sobe) e de Barack Obama, com toda a irreverência que lhe é peculiar. Este ano o bloco fará 3 ensaios na boite Sarajevo (Praça do Carmo) nos dias 25/01, 01/02 e 08/08. O desfile do bloco acontecerá no dia 15 de fevereiro, domingo, com concentração às 15 horas, na Praça do Arsenal. “Todos os filhos de glande do planeta estão convidados”, encerra um dos diretores.
Enquanto a bolsa cai, a Glande sobe.