Walter Freitas

Em todos os momentos da História da Amazônia, as diversidades artísticas afirmaram-se nos (e afirmaram os) elementos característicos das identidades que ainda hoje aproximam todas as possibilidades e probabilidades de formas de criação e de manifestação das artes na (e da) Região.

Enquanto platêau da complexidade contemporânea, a Amazônia sempre esteve na vanguarda dessas concepções (pluralistas). A compreensão (e a interpretação) deste fato, entretanto, jamais produziu nos artistas amazônicos algum pensamento que tivesse a pretensão de impor (pré) conceitos e práxis às outras artes (e às culturas que as sustentam) nesta e/ou em outras geografias, onde elas possam vir a ser o devir delas (e nelas) próprias

A música de Walter Freitas, este poeta (músico e intérprete) constitui um universo artístico absoluto, é fonte onde foram beber e de onde jorraram dezenas de gerações.


Baixe aqui o álbum "Tuyabae Cuaá"